Em uma disputa acirrada, Olivia Rodrigo conseguiu retornar ao topo da parada britânica de álbuns e impediu que, 40 anos depois, a emblemática primeira coletânea de sucessos do Queen voltasse ao número 1.


A diferença foi de apenas o equivalente a 270 cópias entre "SOUR", que subiu uma posição no ranking, e "Greatest Hits", que ganhou novas edições especiais em celebração às suas quatro décadas, e estava no 13° posto há sete dias. A compilação da banda de Freddie Mercury é o disco mais vendido de todos os tempos na Grã Bretanha, com mais de 6 milhões de cópias vendidas.


O top 40 teve apenas duas estreias, ambas de discos muito elogiados pela imprensa especializada. "Utopian Ashes" que Bobby Gillespie (Primal Scream) e Jehnny Beth (Savages), gravaram em conjunto, ficou no 11° posto, enquanto "Pink Noise", de Laura Mvula chegou em 21°.  


Confira o top 10:


1 - "SOUR" - Olivia Rodrigo (subiu uma posição)

2 - "Greatest Hits" - Queen (subiu 11 posições)

3 - "Planet Her" - Doja Cat (mesma posição)

4 - "Europiana" - Jack Savoretti (caiu três posições)

5 - "Inside (The Songs)" - Bo Burnham (subiu uma posição)

6 - "Future Nostalgia" - Dua Lipa (caiu uma posição)

7 - "÷" - Ed Sheeran (mesma posição)

8 - "The Highlights" - The Weeknd (subiu três posições)

9 - "Diamonds" - Elton John (subiu uma posição)

10 - "50 Years - Don't Stop" - Fleetwood Mac (subiu duas posições)