P!NK usou suas redes sociais, neste fim de semana, para se manifestar a favor das jogadoras de handebol da seleção da Noruega, que foram multadas por usarem shorts ao invés de biquínis durante uma partida do Campeonato Europeu de 2021.


As atletas foram multadas em 150 euros cada uma, um total de 1,5 mil euros (R$ 9,2 mil na cotação atual) pela comissão disciplinar da Federação Europeia de Handebol que considerou o traje impróprio para o jogo, por "não estar de acordo com os regulamentos de uniformes definidos nas regras do handebol de praia".





O assunto se tornou um dos mais comentados no meio do esporte e nas mídias nesta semana. Assim como P!NK, muitos internautas saíram em defesa das jogadoras, apontando que os times masculinos usam shorts ( não sungas) em suas partidas e que isso não teria como interferir no andamento do jogo.


A voz de "So What" não só defendeu a seleção, como também se ofereceu para pagar o valor da multa disciplinar. "Estou muito orgulhosa do time feminino de handebol da Noruega por protestar contra as regras muito sexistas de seus 'uniformes'", escreveu a cantora.


"A Federação Europeia de Handebol é que deveria ser multada por sexismo. Muito bem, garotas. Eu ficarei feliz em pagar a multa de vocês. Continuem assim", acrescentou.