Nandi Bushell, a baterista virtuose de apenas 11 anos, teve finalmente a chance de tocar em um palco com os Foo Fighters. Foi na quinta-feira passada (26) em Inglewood, nos EUA, quando Dave Grohl a convidou para fazer parte de "Everlong", a última música do concerto. Como os vídeos feitos durante a performance comprovam, ela não se intimidou nem com a banda ou com a multidão que a assistia e demonstrou muita técnica e segurança.


Dias depois do evento, Bushell falou com a BBC sobre o encontro pessoal com o ídolo, após meses de conversas e "duelos musicais" de forma remota. "Foi muito divertido, a melhor noite da minha vida. E olha que eu tive várias grandes noites".


E ela, de fato, não está exagerando, afinal quem mais com tão pouca idade já teve também a chance, entre outras coisas, de ganhar uma guitarra de Tom Morello, do Rage Against The Machine, ou tocou no imponente Sheppards Bush de Londres, ela nasceu na África do Sul, mas logo seus pais se mudaram para a Inglaterra, em um tributo a David Bowie ao lado de estrelas do rock e músicos que tocaram com o lendário cantor morto em 2016?