O festival Rock in Rio 2022 começará na próxima sexta-feira, 2, e será a primeira edição que acontecerá depois da pandemia de Covid-19. O evento acontece no Parque Olímpico, na cidade do Rio de Janeiro, nos dias 2, 3, 4, 8, 9, 10 e 11 de setembro deste ano. Ao todo, 28 atrações passarão pelo Palco Mundo, o principal do evento, incluindo grandes astros da música internacional, como Coldplay, Justin Bieber, Post Malone e Dua Lipa. Com a proximidade do evento, o público que comprou ingressos começa a ter dúvidas sobre como chegar ao festival, que horas os artistas se apresentam, etc. Confira abaixo as principais informações que você precisa saber:


Que horas abrem os portões da Cidade do Rock e quando começam os shows?


Os portões da Cidade do Rock, sede oficial do evento, serão abertos às 14h e o local só será fechado às 4h, quando acabam os shows do palco New Dance Order. Os shows começarão por volta das 15h, com algumas apresentações em dias específicos começando às 14h30 e às 15h30 nos Palcos Sunset e Rock District. É possível conferir todos os horários dos shows no aplicativo oficial do Rock in Rio, que também permite que o usuário monte sua agenda para curtir todos os shows que desejar. Confira os horários das apresentações no Palco Mundo, que receberá as principais atrações do festival:


Primeiro show do Palco Mundo: 18h
Segundo show do Palco Mundo: 20h10
Terceiro show do Palco Mundo: 22h20 
Quarto show do Palco Mundo: 0h10
Quem vai tocar no Palco Mundo?


O line-up do Palco Mundo reúne nomes dos mais variados estilos musicais. No primeiro dia do festival, será o chamado “Dia do Metal”, com shows das bandas Sepultura, Gojira, Iron Maiden e Dream Theater. Na segunda noite, o pop toma conta do palco, com apresentações do DJ brasileiro Alok, seguido por Jason Derulo, pelo DJ Marshmello e pelo rapper Post Malone. Já no terceiro dia, dois artistas brasileiros se apresentarão no Palco Mundo, sendo eles a banda Jota Quest – que substituirá o trio de rappers Migos – e a cantora Iza, que serão sucedidos por Demi Lovato e Justin Bieber, headliners da noite. Na abertura da segunda semana do festival, o Palco Mundo receberá dois dias voltados ao rock. No primeiro, se apresentarão as bandas CPM 22, The Offspring, Maneskin e Guns N’ Roses.


No dia seguinte, os veteranos do Capital Inicial abrem o palco, sendo seguidos por Billy Idol, Fall Out Boy e o trio Green Day. No sábado, 10, o brasileiro Djavan abre os trabalhos do palco, que também terá shows da banda Bastille, da cantora Camila Cabello e do grupo Coldplay. No último dia do festival, Ivete Sangalo, Rita Ora, Megan Thee Stallion e Dua Lipa se apresentarão. 


Quem vai tocar no Palco Sunset?
Segundo maior palco do festival, o Palco Sunset também receberá grandes nomes da música nacional e internacional. No primeiro dia, Black Pantera, Metal Allegiance, Living Colour e Bullet For My Valentine serão responsáveis por balançar o palco. No sábado, 3, o palco dará espaço ao rap nacional, com shows de Papatinho e L7nnon, Xamã, Criolo e Racionais. No domingo, o espaço terá uma mistura de gêneros com o trapper Matuê, as cantoras Luisa Sonza e Marina Sena, o rapper Emicida e o astro da MPB Gilberto Gil. No quarto dia do festival, as brasileiras Duda Beat e Gloria Groove e as britânicas Corinne Bailey Rae e Jessie J irão se apresentar no palco. No dia seguinte, as atividades começam com os cantores Di Ferrero (NxZero) e Vitor Kley em show conjunto, sendo sucedidos por Jão, pelo espetáculo “1985: A Homenagem” – que prestará um tributo à primeira edição do evento, e pela estrela do punk Avril Lavigne. No sábado, o palco receberá os grupos Bala Desejo, Gilsons, a cantora Maria Rita e o cantor americano CeeLo Green. Já no último dia, Liniker, Macy Gray e Ludmilla se apresentarão em uma tarde que será marcada por homenagens à cantora Elza Soares. 


Como chegar à Cidade do Rock?
Para ir até o festival, os fãs terão três opções. A primeira é o Rock Express, que são coletivos exclusivos para o transporte público que levarão para o festival. Na ida, existem dois pontos de embarque: terminais do Jardim Oceânico e Alvorada.


O único ponto de desembarque é o Terminal Olímpico, que fica na cidade do Rock. Na hora do embarque, os usuários receberão uma pulseira de identificação que deverá ser apresentada na volta. Os ônibus da volta deixarão os passageiros no Jardim Oceânico e Alvorada, onde poderão fazer a conexão com o MetrôRio e outras linhas de ônibus da cidade. O meio de transporte estará disponível entre 12h e 5h e custará R$ 22. Outra opção é o transporte Primeira Classe, que é uma opção classificada pelo festival como “mais confortável”. Ônibus exclusivos sairão de 17 pontos de embarque na cidade e deixarão os compradores em uma entrada exclusiva.


O valor do serviço é de R$ 125 incluindo ida e volta. Os ônibus de ida circularão entre as 10h40 e 19h, enquanto os de volta começarão a sair às 22h e irão até duas horas depois do término do último show da noite. Por fim, o MetrôRio terá um esquema especial, com a Estação Jardim Oceânico aberta durante 24h, enquanto as demais seguirão abertas apenas para desembarque durante a madrugada. O Metrô sugere que os usuários comprem os bilhetes antecipadamente. As ruas no entorno da Cidade do Rock também sofrerão alterações durante o festival e apenas veículos previamente cadastrados poderão ter acesso às vias. 
Ainda tem ingressos à venda?



Não. Os ingressos foram vendidos em três momentos. No primeiro, em setembro de 2021, aproximadamente 200 mil ingressos foram esgotados em uma pré-venda na qual os compradores poderiam escolher o dia do festival em que queriam ir até abril. No começo de abril, foi aberta a venda geral de ingressos, que terminou após algumas horas, sendo que os dias dos shows de Justin Bieber e Coldplay foram os primeiros a esgotar. No dia 9 de agosto, foi feita uma venda extraordinária, com uma carga reduzida de ingressos que ficaram disponíveis. 
Como baixar os ingressos?


Nesta edição, os ingressos para o festival serão totalmente digitais e os compradores deverão baixá-los em seus smartphones no site www.ingresso.com e salvar o ticket em seus celulares. Para baixar, o usuário deve acessar o site da Ingresso.com no navegador do celular, acessar sua conta e ir até a sessão Rock in Rio. Lá, estará disponível a opção “Salvar no Smartphone”. Clicando nela, o comprador deverá preencher um campo de dados e clicar no botão “Adicionar à Carteira”. Na sequência, o ingresso ficará disponível no aplicativo “Carteira” (iPhone) ou no “Carteira do Google” (Android). Não será permitido o uso de prints ou de QR Code impressos para acessar o evento.


Também é possível transferir os ingressos para amigos e familiares. Para fazer isso, é necessário acessar o site da Ingresso.com, fazer o login e ir até a aba Rock in Rio, onde existirá a opção “Transferir”. Será necessário informar o e-mail do destinatário dos ingressos e, ao concluir a transação, será gerado um código que deverá ser repassado para a pessoa destinada. O destinatário deverá acessar sua conta no site, ir até a aba do festival e aceitar o ingresso enviado, utilizando o código gerado ao final da transação. Seguindo esses passos, o novo dono do ingresso deverá baixar o ticket e adicioná-lo na Carteira de seu smartphone. A transferência deverá ser feita até um dia antes do evento, sendo que aquelas feitas no dia do show não serão aceitas.  
O que comer?



A organização do Rock in Rio anunciou dois locais para alimentação dentro do festival. No primeiro, 21 cozinheiros e empreendedores de 18 comunidades cariocas terão a oportunidade de mostrar seus pratos para o público no Espaço Favela, palco destinado a artistas do funk e da música brasileira. Outro espaço confirmado pelo festival é o Gourmet Square, que reunirá oito dos mais famosos restaurantes do Rio de Janeiro.


O espaço terá capacidade para 2.700 pessoas e funcionará até as 3h. Além disso, a entrada com alimentos é permitida sob determinadas condições. Os alimentos industrializados deverão estar lacrados e no caso de frutas ou sanduíches, os itens deverão estar armazenados em embalagens transparentes não rígidas. Existe um limite de cinco itens por pessoa e as quantidades excedidas deverão ser descartadas.
Gourmet Square Rock In Rio.  


O que pode e o que não pode levar?


No site oficial do evento, a organização listou uma série de objetos que são proibidos no festival. Os itens são diversos e variam de garrafas que não sejam para consumo de água, utensílios para armazenagem e até drones. Confira a lista abaixo:


Garrafas de qualquer gênero, tamanho ou material (exemplos: garrafas de água mineral, squeezes etc.), exceto garrafas plásticas para consumo de água, desde que sem tampa. A tampa poderá ser retirada pela segurança na entrada ou em qualquer local do evento;

Embalagens rígidas e com tampa (exemplo: potes de plásticos do tipo tupperware); 

Latas; 

Capacetes; 

Armas de fogo ou armas brancas de qualquer tipo (facas, canivetes etc.); 

Cadeiras/banquinhos; 

Guarda-chuvas; 

Objetos pontiagudos; 

Objetos perfurantes ou cortantes (tesoura, estiletes, pinças, cortadores de unha); 

Fogos de artifício, dispositivos explosivos, sinalizadores e aparatos incendiários de qualquer espécie; 

Objetos de vidro, plástico ou metal (perfumes, cosméticos, inclusive desodorantes de qualquer tipo, pasta ou escova de dente); 

Bebidas (em qualquer tipo de recipiente); 

Skate, bicicleta ou qualquer tipo de veículo motorizado ou não; 

Isopor, cooler ou qualquer tipo de utensílio para armazenagem; 

Bastão de selfie (extensor para tirar autorretrato); 

Itens que possam ser utilizados para marketing de emboscada; 

Substâncias venenosas e/ou tóxicas, incluindo drogas ilegais; 

Bandeiras ou cartazes contendo mensagens ou símbolos com divulgações comerciais; 

Drones de qualquer tipo.